Histórico

Em março de 1993, veio de Roma para Santa Maria, uma Irmã Palotina do Conselho Geral, para impulsionar o apostolado com leigos, como São Vicente Pallotti queria: 
 
“REAVIVAR A FÉ E REACENDER A CARIDADE E FORMAR APÓSTOLOS”. 
 
Em 17 de abril de 1993, as irmãs e leigos começaram os cenáculos de experiência de Deus e apostólicos com solteiras idosas e, logo em seguida, com viúvas. Depois dos cenáculos continuam os estudos de aprofundamento espiritual e começam o apostolado nas paróquias, famílias e onde se fizer necessário. As impossibilitadas de fazer isto, rezam e oferecem suas limitações como apostolado. Este trabalho é dinamizado por Irmãs, Padres e irmãos Palotinos. Hoje já é uma Associação registrada, fundamentada no Carisma de São Vicente Pallotti. Tem como Patrona a Venerável Elisabetta Sanna. Fazem parte da Associação, solteiras idosas e viúvas, que continuam sua formação, e os sócios contribuintes e beneméritos.